CASO MARIANO DE CASTRO: Morte do médico pode levar o governo Flávio Dino para túmulo junto com ele

Mariano pode “falar” do além-túmulo através das investigações da Polícia Federal, que deve entrar no caso e encontrar muitas das respostas desse caso e elucidar as circunstâncias, bem como a causa da morte da pobre alma

Não sei nem por onde começar… Mas, vamos lá.

A morte do médico Mariano de Castro não pode ser considerada apenas uma mera tragédia envolvendo um profissional que teve a vida, pessoal e profissional, arruinada após sua prisão por suspeita de ser o principal operador de esquemas de corrupção no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde (SES) do governo Flávio Dino (PcdoB).

Não! A morte de Mariano tem que ser vista sob vários aspectos, inclusive de ter sido vítima de uma sofisticada organização criminosa que havia se instalado na SES e que só foi possível chegar ao conhecimento da sociedade após a Operação Pegadores, da Polícia Federal, em parceira com o Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e a Justiça Federal. Aliás, por que as investigações da Pegadores não avança? A quem interessa o seu esquecimento?

Mariano era um arquivo vivo! Entrou em estado depressivo passando a fazer comentários com amigos e familiares de que não estava aguentando tanta pressão sobre seus ombros. É possível que realmente ele tenha recorrido ao suicídio como forma desesperada para fugir dessa situação? Sim! É possível!

Como também é possível que o médico tenha sido vítima de uma queima de arquivo pela “KGB” maranhense ou algo similar. Estamos falando, não podemos esquecer, de uma máfia que envolveu gente poderosa, agentes públicos e privado que movimentou milhões, quiçá, bilhões de reais nas mais diversas transações tenebrosas.

Contudo, Mariano pode “falar” do além túmulo através das investigações da Polícia Federal, que deve entrar no caso e encontrar muitas das respostas desse caso e elucidar as circunstâncias, bem como a causa da morte da pobre alma.

Os governistas tentam colocar, vejam vocês, o cadáver no colo do Sarney no que pode ser considerada uma atitude totalmente desesperada de quem sabe que está envolvido até a medula num ambiente banhado de sangue e corrupção.

O fato é que esse caso ainda vai ter desdobramentos que até aqui são imprevisíveis.

Agora morto, Mariano de Castro pode levar o governo Flávio Dino para túmulo junto com ele.

É a opinião do Blog do Robert Lobato.

18 comentários sobre “CASO MARIANO DE CASTRO: Morte do médico pode levar o governo Flávio Dino para túmulo junto com ele

  1. ronie disse:

    Meu querido, são mais de 03 anos de bombas que se revelam meros traques em questão de duas semanas. Ainda bem que as redes sociais estão aí para fazer o contra-ponto ao sistema de comunicação dominante. Esse negócio não passa de Luizinho de um lado e Rosângela de outro, esta que aliás daria uma entrevista-bomba que nunca explodiu. As pessoas não compreendem com quem estão lidando e, de Milícia 36 em Milícia 36, esse aparato midiático até assusta, pois é poderoso, mas a verdade sempre prevalecerá.

  2. Antonio Vidal disse:

    Concordo plenamente com você meu caro Robert Lobato e digo mais, se a polícia federal for realmente a fundo nesta história, não somente vai arruinar o governo como vai levar muita gente considerada boa pra cadeia, e até provavelmente o Sr governador, que pode até não ter roubado, mais deixou que seus comandados roubasse, ou seja ele será o Lula do Maranhão

  3. Cardoso disse:

    Agora é que a taca vai ser grande, esses blogueiros criticos de hoje é porque acabou a mamata coisa que era feito no passado para eles, se conformem SARNEY NUNCA MAIS

  4. Cardoso disse:

    Que mariano, que mariano, se ele se matou, não aguentou a pressão, lamentamos a morte, mas o erro foi dele, quem roubou o estado foi ele agora querem ficar procurando conversa fiada. FLÁVIO 2018!

Deixe uma resposta