Da direita à esquerda, todos querem Lula fora da disputa de 2018, inclusive Flávio Dino

Não é segredo para ninguém que o governador maranhense sonha em ocupar um espaço na esquerda brasileira ao custo do infortúnio do ex-presidente petista.

Na semana passada, durante um evento com petistas e aliados, o ex-presidente Lula fez um desabafo que incomodou muitos dos presentes.

Na avaliação do líder petista, não somente os setores mais conservadores e de direita o querem ver preso e fora da disputa eleitoral de 2018, mas o próprio campo das esquerdas e aliados históricos do PT.

“Não me iludo de que somente a direita quer me ver preso e fora da disputa pela presidência da República em 2018. A esquerda também deseja isso porque quer apresentar alguém para ocupar o vácuo deixado pela minha ausência na eleição e tirar proveito do legado do Lula”, disparou. Aliás, na quinta-feira, 1º de maio, Lula deixou bem claro isso na longa entrevista concedida à Folha de SP, mas não tão bem claro quanto na reunião com lideranças e aliados políticos em portas fechadas.

Um petista maranhense presente ao evento, assegurou ao Blog do Robert Lobato que a declaração de Lula incomodou muitos aliados, inclusive do PCdoB, que tem a deputada Manuela D’Ávila como pré-candidata a presidente da República.

Segundo o petista, o vice-presidente nacional do PCdoB, Walter Sorrentino, resmungou para um camarada ao lado: “Porra, agora o Lula exagerou”. Mas, será que Lula exagerou mesmo?

O Blog do Robert Lobato entende que não, pelo contrário, Lula está certíssimo e gente, da direita à esquerda, realmente o querem fora da disputa de 2018, inclusive Flávio Dino, do mesmo PCdoB de Sorrentino,

Ora, não é segredo para ninguém que o governador maranhense sonha em ocupar um espaço na esquerda brasileira ao custo do infortúnio do ex-presidente petista.

Só que, de besta, Lula não tem nada…

Deixe uma resposta