ELEIÇÕES 2018: O que querem fazer com Holandão e Holandinha?

Estariam pai e filho dispostos à aventuras políticas que eles próprios no fundo da alma e do coração não acreditam?

O Blog do Robert Lobato tem um certo orgulho de ser amigo de Edivaldo Holanda (PTC) e de Edivaldo Júnior (PDT), deputado estadual e prefeito de São Luis, respectivamente. E, lógico, pai e filho.

O Edivaldo pai é uma das pessoas mais autênticas que conheço, no sentido de dizer o que sente e o que pensa, de não guardar almoço pra janta. Só se engana com o velho e bom Edivaldo quem quiser!

E exatamente por conhecê-lo, tenho a certeza que ele não se deixa cair em casca de banana e muito menos aceita que coloquem “cenoura” na sua frente como de que encanto para nunca alcançá-la.

O Blog do Robert Lobato afirma isso porque comenta-se pelos quatro cantos que o deputado Edivaldo Holanda seria suplente do deputado federal Weverton Rocha (PDT) no projeto do “Maragato” para o Senado Federal.

Custo acreditar que Holandão aceite entrar numa parada dessa, mesmo que ele possa, hoje, dizer que morre de amores por alguém que ele já disse o que disse num passado não muito distante. Mas, política é politica.

Já Edivaldo Júnior tem todas as qualidades do pai, menos o ímpeto de dizer na cara do interlocutor o que sente e o que pensa. Isso pode ser uma qualidade ou um defeito dependendo do caso.

Dizem por aí que Holandinha vai deixar de ser prefeito da capital do Maranhão para aventurar-se numa candidatura de vice-governador de Flávio Dino (PCdoB).

Bom, é verdade que o prefeito nunca negou ou confirmou tal história, mas, assim como custo acreditar que Holandão tope ser suplente de Weverton Rocha na chapa de senador, também custo acreditar que Holandinha deixe de ser chefe de um poder municipal para ser empregado em outro poder, ainda que deixasse a Prefeitura de São Luis em boas mãos. Mas, política é política.

A questão é: o que querem fazer com Holandão e Holandinha?

Não se trata apenas de um questionamento provocativo, mas de algo concreto!

Estariam pai e filho dispostos à aventuras políticas que eles próprios no fundo da alma e do coração não acreditam?

Mas, política é política.

E com a palavra, Holandão e Holandinha.

Simples, simples…

24 comentários sobre “ELEIÇÕES 2018: O que querem fazer com Holandão e Holandinha?

  1. Professor Paulo disse:

    Caro Bob, podem até não conseguir, mas creio que e “querem fazer…” é o mesmo que estão fazendo com Brandão, Waldir, Zé Reinaldo et caterva: Transformá-los todos em zumbis, no limbo. Será o fim de todos que se “aliarem” ao projeto da nova oligarquia comunista. Tanto os inocentes úteis com os inúteis. Eles são mestres nisso. Simples assim!

  2. Roberto disse:

    bob só ñ entendo quando vc fala bem desses dois crápula, um sempre foi propineiro barato e toda cidade sabe disso, o filho pra mim eu achava q ñ existia alguém pior a o pai mas realmente o filho é pior. O governador ñ é arrogante o bastante a colocar esse rapaz no cargo de vice governador pois com toda certeza ele vai enterrar a carreira política dele do próprio prefeito, do pai e de todos da oposição!

  3. Tacar grande e grossa disse:

    O Edivaldo pai é uma das pessoas mais autênticas que conheço, no sentido de dizer o que sente e o que pensa, de não guardar almoço pra janta. Só se engana com o velho e bom Edivaldo quem quiser!, vejo ai um certo puxa saquismo, kkkkkk tu não tem jeito gosta de ser é bajulador mesmo parece q nasceu pra isso
    Custo acreditar que Holandão aceite entrar numa parada dessa, mesmo que ele possa, hoje, dizer que morre de amores por alguém que ele já disse o que disse num passado não muito distante. Mas, política é politica, ai a bicha louk acertou, essa nossa politica não se faz com coração se faz por interesse, já foi o tempo de Sir William Wallace.
    Já Edivaldo Júnior tem todas as qualidades do pai, menos o ímpeto de dizer na cara do interlocutor o que sente e o que pensa. Isso pode ser uma qualidade ou um defeito dependendo do caso.

    Dizem por aí que Holandinha vai deixar de ser prefeito da capital do Maranhão para aventurar-se numa candidatura de vice-governador de Flávio Dino (PCdoB), ai a bicha louk deve ter acertado novamente, vai ser uma transição para 2020, e vc meu kro Robert vai chupar essas bolinhas novamente kkkkkkkkkkkkkkkk.

  4. Tacar grande e grossa disse:

    Tou começando agostar dos comentários desse cidadão TGG, só não acho legal esse pseudônimo Tacar Grande e Grossa, mas acho q o baba saco deve amar kkkkkkkk.

  5. ronie disse:

    Toda hora tu fala que os Holanda estão do lado errado. Estaria querendo que fossem para o lado da Branca, que nem sabe se entra ou não na disputa ? Ou .. ao lado do Bob, aquele que noutros tempos entregou um material gráfico pro Holandão fora do prazo combinado e o velho devolveu todo por cima do muro do Bob ( Mandando enfiar … sabia dessa ? ) .É, eles conhecem muito bem o velho Bob.

Deixe uma resposta