ELEIÇÕES 2018: Eduardo Braide quer ser prefeito e não governador (ainda)

Sem um partido forte e coligação que deem consistência a sua campanha ao governo, Braide deverá mesmo disputar uma vaga para a Câmara Federal e vir com tudo para prefeito de São Luis daqui a dois anos

Se tem um político que está, digamos, “numa boa”, chama-se Eduardo Braide (PMN).

O deputado se tornou uma estrela, uma espécie de “queridinho político” depois que saiu da eleição para prefeito de São Luis em 2016 na segunda colocação e por pouco não melou a reeleição do prefeito Edvaldo Júnior (PDT).

Atualmente Braide é cortejado por praticamente todas as forças políticas que o veem como a verdadeira renovação da política maranhense.

O Blog do Robert Lobato nunca duvidou do talento político de Eduardo Braide, tanto que já no primeiro turno das eleições municipais de 2016 publicou um post avaliando que o jovem parlamentar poderia surpreender durante a campanha eleitoral. E foi o que aconteceu!

Ocorre que uma coisa é eleição municipal de prefeito, outra completamente diferente é uma campanha de governador, que remete a uma estrutura política, partidária, financeira, material, humana e logística exponencialmente maior. E Braide sabe disso. Aliás, nas entrevistas que tem concedido ele admite que sua candidatura ao governo não depende somente do seu desejo pessoal.

Eduardo Braide tem uma eleição praticamente garantida para deputado federal. Correr o risco de ficar sem mandato até 2020 não razoável e muito menos inteligente.

Sem um partido e coligação que deem consistência a sua campanha ao governo, Braide deverá mesmo disputar uma vaga para a Câmara Federal e vir com tudo para prefeito de São Luis daqui a dois anos.

“Mas, Bob, por que você acha que ainda não é vez de Braide para o governo do Maranhão”?, perguntaria aquele leitor que está doido pra voltar em Braide governador – 33. Explico.

Eduardo Braide cometeu um erro fundamental no segundo turno das eleições de 2016 quando calculou que poderia ganhar sozinho aquele pleito, sem a ajuda ou apoio de quem quer que seja. Deu um show de esnobismo o que lhe custou a vitória.

Ora, se há pouco menos de dois anos o nosso bravo Eduardo Braide não quis o apoio de nenhuma força política, por que agora alguns dos pré-candidatos a governador iriam abrir mão dos seus projetos a favor dele? Não faz sentido algum e Braide tem consciência disso. No mais, ele precisa não apenas de um partido com maior musculatura, mas também de um palanque forte de presidente da República e uma boa coligação.

“Mas, Bob, esse partido poderia ser o PT, ora”, ponderaria novamente aquele leitor-eleitor de Braide.

Sim, poderia ser o PT e o Blog do Robert Lobato já tratou disso também.

Ocorre que o PT do maranhão sofre de uma síndrome que o impede de crescer e quem deseja crescer e podado na hora! Mas é uma possibilidade, ainda que, uma vez no PT, Braide possa correr o risco de, de repente, ter que disputar prévia para governador com um militante lá de Araguanã…

Nesse sentido, é pouco provável que Braide seja candidato a governador em 2018, devendo mesmo disputar para deputado federal e depois partir para aquilo que é o seu verdadeiro foco: a Prefeitura de São Luis.

Jovem, inteligente e talentoso, o projeto “Braide governador” pode esperar.

É aguardar e conferir.

20 comentários sobre “ELEIÇÕES 2018: Eduardo Braide quer ser prefeito e não governador (ainda)

  1. Carlos Gustavo disse:

    Perfeito sua colocação sobre braide, eu tbm, lugar do dep, faria o mesmo … Só fiquei curioso numa suposição é vc possa me responder a duas pergunto … E se Roseana não quiser sair pra governo, será que o MDB apoiaria braide? (Ate pq o pai dele é Sarney são amigos )… E o PSDB poderia apoia-lo? Já que Roberto rocha não chega a 1% da intenção de voto ( lembrando que o braide visitou o doria (prefeito de sp) ) … O que vc me diz

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Acho que se Rosena não sair candidata ela tira pra fora do Maranhão e deixa todo mundo na mão. Até rimou, sem querer. Rsrsrs. Quanto ao Roberto, veja quanto tinha o João Doria a meses antes da eleição e depois confira o resultado.

      • Carlos Gustavo disse:

        O doria era visto com renovação assim com braide hj isso se refletiu na campanha pra prefeito … Já o Roberto Rocha ACHO que não decola … O Ideal seria tanto o PMDB(MDB) como PSDB coligar com braide

  2. Flavinho disse:

    Acho que em 2020 teremos enfim bons nomes para eleição municipal na ilha.

    NETO EVANGELISTA

    X

    EDUARDO BRAIDE

    Um passo de cada vez, mas q a briga promete, promete!
    Aguardemos.

  3. Fala fina disse:

    Amigo Robert não pode acontecer com Braide mesmo distanciamento que ocorreu com Eliziane e o eleitorado de SLZ indo para Camara alta? Eu sinceramente vejo agora o melhor momento dele para governo, Brasil irá buscar renovação. Melhor nome é o de Braide hoje, Roseana não engana mais e Flavio Dino sucumbiu aos erros que o grande Jackson cometeu, mal assessorado, deixando lado político de lado, com pessoas do calibre de Jerry, o Aziz de Jackson. Sem diálogo com prefeitos, deputados estaduais, comunicação ruim (a la Dilma). Braide fatalmente iria para um segundo turno. Com uma chapa majoritária com Reinaldo e Waldir. E um vice como Alexandre Almeida que angaria muitos votos no leste maranhense, por ser jovem de coragem. #euacreditoemBraidegovernador

  4. Gustavo disse:

    Discordo totalmente de você Bob, e tenho certeza que não somos poucos. O Braide tem tudo a ganhar e nada perder disputando o Governo do Estado. Se ele for para a câmara federal agora, eu vejo grandes chances de acabar com Eliziane em 2016. Mesmo que não ganhe o governo, terminará a eleição com recall eleitoral mil vezes maior que tem agora. Ele representa o futuro da política maranhense. Se ficar sem mandado, isso nada impede de montar um palanque forte para 2020, porque veja bem, ele já vai chegar o favorito. Sozinho é que ele não chega em 2020. Nas eleições de 2016, 2° turno, ele fez um jogo arriscado e fez muito bem em arriscar. Se ele tivesse fechado com grupos políticos naquele momento, provavelmente não teria terminado a eleição quase eleito. Ele deixou uma boa impressão no eleitorado. Acho que com o apoio de Dr. Hilton Gonçalo, ele conseguirá montar um bom palanque.

    • Robert Lobato disse:

      Resposta: Bom, é uma questão de ponto de vista. Braide sabe das dificuldades de concorrer sem um partido forte e sem haver estrutura de campanha. Quando ao Hilton, ele também está sem partido.

  5. Carlos Gustavo disse:

    O único problema pra braide e o tempo de tv… Pra prefeito mesmo com 6s mais ele rodou a cidade inteira mais por estado e fisicamente impossível … Chapa boa poderia ser José Reinaldo senado, hilton tbm senador, e Waldir Maranhão fazendo valer seu acordo com lula e se vingando de Dino trazer o PT e ser vice do braide… Assim teria tempo de tv … Outra seria coligar com o PSDB ou MDB… Obs: não acho que se braide vira dep Federal cometera os mesmo erro de eliziane… Ele infelizmente e capacho demais de Dino… E o braide sabe fazer o jogo político …. Única coisa quase certa é que 2020 ele será prefeito de São Luís

  6. O Eduardo Braide é um dos fortes para enfrentar o Dino, e se ele o EDUARDO não chegar ao segundo turno será o terceiro, isso é fato. Todos no maranhão sabem que o Dino não cumpre compromisso, ele já enganou o EDUARDO e vai enganar quantas vezes forem necessários, isso também é fato real, Por isso vou logo direto e vou repetir o que já disse pessoalmente para o próprio EDUARDO que se ele quiser mesmo ser prefeito de SL nas próximas eleições municipais, ele terá de ser candidato a governador ou então não será prefeito. Bravos e bravas, se o Dino conseguir sua releição de governador o próximo prefeito de São Luis será o Bira do Pindaré. Escutem e prestem bem atenção o que eu estou comentando.

  7. Concordo com o vc bravo Robert Lobato, é o que o eleitor está esperando!!!!! Com um debate rico no bom combate qualificado, o PAPADA GORDA mesmo jogando surgo e fugindo dos reais fatos inspirados no caráter debochativo que é o que se espera DELE do PAPADA GORDA DESGOVERNO, ele vai se atrapalhar e passar ainda mais insegurança para o eleitor. É por isso que o Eduardo não pode perder tempo. Repito, se o Eduardo não chegar ao segundo turno, ele será o terceiro colocado e decisivo para tirar esse comunista ditador do poder. O Eduardo é inteligente e vai sim concorrer o governo. Eu aposto na inteligencia dele.

Deixe uma resposta