Dicas do Blog para brincar o carnaval com segurança e sem crise entre os casais

O Blog do Robert Lobato resolveu sair um pouco da rotina editorial de costume para entrar no clima de carnaval, afinal é tempo de festa e folia.

A ideia, portanto, é deixar algumas dicas, com um pouco de humor, claro, aos leitores de como brincar o carnaval com segurança e também os cuidados necessários para que a gandaia momesca não acabe em tragedia ou em crises entre os casais de pombinhos. Vamos lá.

  1. Regra geral: carnaval é festa pra solteiro. Logo muito cuidado com as tentativas de azarações e tentações na hora de ver aquela gata que você acha que está te paquerando. Quando menos esperar você  pode ser surpreendido com um direto de direita que sequer sabe de onde veio.
  2. Se for sair com a cara-metade, o que recomendável, é bom pedir para que ela não exagere muito nos decotes, shortinhos curtos, bumbum chamando atenção, batom tipo “bico de brasa”, blusinha sem sutiã e essas coisas que despertam a libido dos marmanjos, pois na hora da gandaia pode aparecer um aventureiro e olhar mais do que devia para a tua gatinha aí já viu….
  3. Lembre-se que carnaval é uma festa quase sem regras quando se está no meio da bagaça, então não adianta se zangar com as espumas, maizenas, talcos, farinha de trigo, café etc., que eventualmente possam passar na tua cara ou na cara da companheira.
  4. Em tempos de redes sociais, todo cuidado é pouco para não deixar-se ser filmado ou fotografado algum flagrante ridículo e depois, quando menos esperar, ficar sabendo que você está “bombando” na internet.
  5. Casados podem dar uma saidinha pra “pular” só? Claro que sim! Desde que devidamente autorizado e com o Habeas Corpus em mãos com data e hora para retornar ao recinto do “lar doce lar”. Nesse caso, dê preferência para ficar entre amigos, pois a companheira do teu “chegado” vai saber que você está comportando-se bem e, assim, diminui possíveis ruídos de comunicação em casa.
  6. Aquela dica básica e manjada: se beber não dirija! Além do risco real de acidente fatal ao dirigir embriagado, em tempos de ‘blitz camaradas”, bêbado você até pode se livrar de uma barruada que lhe custe a vida, mas não livra o bolso de uma boa “garfada” do governo em forma de multa.
  7. Outra regrinha básica, essa para solteiros ou enrolados: Camisinha no bolso, na mão e depois do pingolim. Assim, você não somente se preserva de uma DST indesejável, inclusive a Aids, como se livra de depois de 9 meses ser surpreendido com um herdeirinho não planejado.
  8. No mais é brincar o carnaval, cair na folia e pular como muita alegria e paz no coração. Divirtam-se!
  9. Em tempo : O editor Bob Lobato pede licença aos leitores para uma viagem nostálgica e sabática de 4 dias. Na terça de carnaval voltaremos com novas pastagens e liberação de todosaber os comentários. Até  lá. Fiquem com Deus.

Deixe uma resposta