ELEIÇÕES 2018: Ricardo Murad vai apresentar diretrizes do seu “Plano de Governo”

O ex-secretário de Saúde usou ainda a rede social do Facebook para comentar os números da pesquisa Vox Populi contratada pela Jakarta Publicidade

O ex-secretário de Saúde do governo Roseana Sarney (PMDB), Ricardo Murad, vai, ainda este ano, apresentar à imprensa e à sociedade em geral o que seria as diretrizes do seu “Plano de Governo”.

Quem teve acesso ao documento afirma tratar-se de algo “arrojado” e “diferente de tudo do que já se viu em termos de objetivos, metas e projetos socioeconômicos bem definidos e viáveis”.

Apresentação estava marcada inicialmente para acontecer nesta quarta-feira, 6, mas foi adiada para o próximo dia 12 de dezembro.

Pela sua página pessoal no Facebook, o pré-candidato pelo PRP anunciou: “Reunião da Executiva do PRP remarcada para o dia 12 de dezembro. Mais próximo comunico hora e local. Estamos trabalhando para apresentar o conceito de um projeto estratégico para o Maranhão e precisamos de mais um pouco de tempo”.

Bom, quem conhece um pouco o perfil de Ricardo Murad sabe que se trata de um gestor realmente ousado, líder que valoriza os bons talentos da sua equipe, delega e cobra tarefas, enfim, é alguém que tem foco em resultados, característica fundamental para qualquer gestor público, ou melhor dizendo, para um “empreendedor público”.

Vox Populi

Ricardo Murad usou a rede social do Facebook também para comentar os números da pesquisa Vox Populi, contratada e apresentada pela Jakarta Publicidade, na tarde de ontem, 4, no Hotel Luzeiros.

O ex-secretário de Saúde mostrou-se confiante na vitória da oposição assegurando que que a pesquisa confirma a insatisfação do eleitorado com o governo de Flávio Dino.

Como digo, a população clama por um novo governo. Flavio Dino, eleito com 68% dos votos, a cada dia perde eleitores. Nessa pesquisa nacional divulgada hoje pelo instituto Vox Populi, está com apenas 37% das intenções de voto. Os nomes da oposição já somam 52%. O resultado confirma a insatisfação cada vez maior com o governo comunista que não cumpriu nada do que prometeu. E ainda estamos na fase embrionária do processo eleitoral.
Vamos que vamos. A vitória será da oposição”, postou.

Se realmente levar a cabo o projeto “Ricardo governador-44”, e nada levar a crer que não o fará, e conseguir o um tempo minimante razoável no horário gratuito, não há sombras de dúvidas de que o “Trator” dará trabalho para muita gente aí.

É aguardar e conferir.

12 comentários sobre “ELEIÇÕES 2018: Ricardo Murad vai apresentar diretrizes do seu “Plano de Governo”

  1. Americo de Sousa Azevedo disse:

    PENSEI QUE FOSTE DIZER QUE RICARDO BILHÃO MURAD FOSSE ANUNCIAR SEU DESLIGAMENTO DA POLÍTICA PARA SE DEDICAR À PRÓPRIA DEFESA CONTRA OS INQUÉRITOS DA PF PELO DESVIOS MILIONÁRIOS DA SAÚDE.

  2. Alan Couto disse:

    Entrará na disputa para forçar um segundo turno, nada mais que isso!! Ficou sem sua Prefeitura, nome enrolado com a justiça federal e sem tempo de televisão. Os comunistas o esqueceram por não representar perigo. Mas assim que oficializar a candidatura os ataques voltarão… Não passará de 5% (se chegar…) mas que serão importantíssimos para um mais que provável segundo turno. Portanto, o papel do envelhecido Ricardo Murad não passará disso, ajudar com seu pequeno percentual um 2º turno. E se alguém imagina que ele está contra sua cunhada está enganado. Faz parte do jogo político, ele ajudará muito mais Roseana sendo candidato a governador e em caso de consagrar-se vencedora, RM será novamente seu secretário. Esse é o cenário. Só cego não vê!!!

  3. Magno Cunha disse:

    É mesmo, é?
    Eu imagino quais são/seriam as tais diretrises do plano de governo dele; montar uma cachola de Organizações Criminosas para roubar os recursos financeiros do Estado do MA.
    Esse Ricardo Murad é muito cara de pau mesmo rapaz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta