“Sarnopetistas” autênticos assinam nota de apoio ao governo Flávio Dino

O núcleo duro que integrava o gabinete da vice-governadoria quando Washington Oliveira era o vice-governador assinou nota em apoio ao governo comunista de Flávio Dino.

E arraial petista está em chamas depois que a corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), divulgou uma dura nota criticando a nomeação do delegado Lawrence Melo para o primeiro escalão do Governo do Estado na cota do PT (reveja aqui).

Em reação à nota da CNB, o Palácio dos Leões mobilizou setores do PT e forçou que alguns agrupamentos petistas, ligados aos comunistas, fizessem uma outra nota desta feita em apoio ao governo. A missão foi passada para o atual presidente Augusto Lobato que, por sinal, é assessor especial do governador.

O que causou estranheza é que a nota “dinopetista” traz a assinatura de uma tal “CNB/Articulação Maranhão”, uma espécie de dissidência da CNB oficial que deseja manter uma relação autônoma com o governo.

E quem faz parte dessa “CNB/Articulação Maranhão”? Simplesmente o núcleo duro que integrava o gabinete da vice-governadoria quando Washington Oliveira era o vice-governador. Ou seja, são os autênticos “sarnopetistas” que se associaram às forças internas do PT que sempre estiveram com os comunistas. Basta ver que o secretário-adjunto da Juventude, Paulo Romão, era quadro destacado do “sarnopetismo” na era Roseana Sarney/Washington Oliveira e depois se converteu, de última hora, ao dinismo .

A CNB de verdade está defendendo um projeto próprio para o PT em 2018 e conta, inclusive, com o apoio de boa parte do diretório nacional do partido.

No Maranhão, a tese de candidatura própria do PT conta com a simpatia de petistas do porte do deputado estadual Zé Inácio, do ex-reitor do IFMA, professor Zé Costa, e do chamado núcleo sindical que tem, entre outras lideranças, o ex-presidente do PT, Raimundo Monteiro.

Crise grande

Mas a coisa não acaba por aí.

A nota dos “dinopetistas” gerou crise até entre os governistas do PT.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Robert Lobato, o secretário de Esportes, Márcio Jardim, teria desautorizado a assinatura da sua tendência, o Movimento PT, da nota de apoio ao governo. Jardim, como se sabe, está demissionário da pasta porque o governador Flávio Dino está barganhando o cargo para o DEM, o que tem causado indignação no secretário baixadeiro. Aliás, Márcio Jardim também contou com a ajuda do governo Roseana Sarney quando pediu, e foi atendido, via o gabinete da vice-governadoria, para ficar liberado da sala de aula.

O fato é que a nota dos “dinopetistas”, ao invés de criar um ambiente positivo no conjunto do partido, teve efeito contrário e colocou mais lenha na fogueira na crise que o PT maranhense enfrenta já há algum tempo.

E, ao que parece, não tem data para acabar…

2 comentários sobre ““Sarnopetistas” autênticos assinam nota de apoio ao governo Flávio Dino

  1. Emanuel de Jesus Pinheiro disse:

    O mundo PTista, PTralha não causa surpresas!!, seja aos que estiverem mais ou menos a esquerda. Todos na verdade querem defender a boquinha. Sempre foi a cultura PTista ou PTralha, salvo pouquíssimos idealista que ficaram nas estradas ou morreram. Basta ver a formação do PT, nascido no vácuo deixado pelo falastrão dos PCs, seja o “brasileiro”, seja “do Brasil” e as submissas organizações terrorista que viviam no submundo político quer dentre muitos esquerdo-patas criou Dilma Rousseff, Comando Vermelho, envia Fernando Beira Mar a fazer curso de guerrilha nas FARC – Colombiana, tem no maranhão diversos aliados nas Facções criminosas – veja no início do mundo PTralha – as “Correntes políticas” também eram denominada “FACÇÕES” POLITICAS. Mas essa formação partidária teve seu ápice na pior criatura já produzida em nossa recente história – um retirante que mancha de sangue a história de homens e mulheres que deixaram o Nordeste na mesma situação para construir vida digna – O LULA. Mas no Maranhão não seria diferente um partido construído com pseudas-lideranças oriundas dos piores guetos, veja, pois, quais tiveram mandato consecutivos, um, dois … é tão difícil afirmar!!!. AUGUSTOS CESAR BASTOS LOBATO é um típico exemplo das mentiras que o PT criou – “Líder Estudantil” com atitudes obscuras, personalista, desleal, – passou a perna em todos seus “amigos” da época, tanto no secundarista quanto no universitário – foi sustentado com o dinheiro da carteiras de estudantes – pois era ESTUDANTE PROFISSIONAL, ASSESSOR SINDICAL medíocre sem nunca ter trabalhado na vida até o momento, se diz CORRETOR DE IMOVEIS mas não sabe vender nem tijolo.
    Assistir, os PTralhas, recusar a assinar a Constituição de 1988, pedir o impeachment de Collor de Melo e FHC, ser contra a LRF, construir o maior esquema de corrupção já visto nas história recente causando inveja as mais poderosas máfias – Al Capone, Frank Lucas, Joseph Kennedy, Meyer Lansky, Pablo Escobar, observe – O termo “Máfia” refere-se a grupos secretos envolvidos com o crime organizado, qualquer semelhança com o mundo PTralha não é coincidência. O objetivo desses grupos é ter o controle total sobre uma determinada atividade (senão todas) criminosa. Mas não se engane! Embora o cinema tenha romanceado, muitas vezes, o crime organizado, dando a impressão de que lá existem boas pessoas, na vida real é totalmente o oposto. Membros da máfia convivem com uma constante violência, desde atritos internos até com outros grupos rivais. Não há um momento de paz para eles, e tampouco para as vítimas dos negócios ilegais em que atuam, incluindo tráfico de drogas, prostituição, tráfico de armas, proteção forçada e vários outros – nada diferente dos governos Ptralhas – nas esferas, municipais, estaduais, nacionais. A CNB tem uma missão de solicitar O IMPEACHMENT de AUGUSTOS CESAR BASTOS LOBATO, o incompetente, capacho do Comunista do Brasil, ou essa organização no Maranhão acaba antes que o Nacional ….

Deixe uma resposta