ELEIÇÕES 2018: Depois de intervir no PSB, agora Flávio Dino quer intervir no PSDB para tirar Roberto Rocha da disputa

O jornalista e blogueiro Ricardo Santos vê covardia e submissão do atual presidente estadual do PSDB e vice-governador do estado, Calos Brandão, tentar transformar um partido como o PSDB em legenda de aluguel do PCdoB 

Interessante a análise do jornalista e blogueiro Ricardo Santos sobre o o momento político maranhense à luz da disputa pelo controle do PSDB após o retorno do senador Roberto Rocha ao ninho tucano.

Ricardo Santos, que votou e fez campanha para Flávio Dino em 2014 e depois ganhou um belo “pé na bunda” assim que o comunista colocou a faixa de governador no robusto peitoral, vê covardia e submissão do atual presidente estadual do PSDB e vice-governador do estado, Calos Brandão, de tentar transformar um partido como o PSDB em legenda de aluguel do PCdoB.

“É de causar “vergonha” alheia a postura covarde e submissa do senhor Carlos Brandão frente ao governador do estado. É algo ridículo, ou melhor, mais do que ridículo: é vexatório ver o presidente estadual do PSDB fazer deste que é um dos maiores partido do país em “legenda de aluguel” do nanico PCdoB”, postou.

Não tem como deixar de reconhecer que Ricardo Santos faz uma apurada leitura do que pode ser uma nova “intervenção”, indevida, diga-se de passagem, do Palácio dos Leões em partidos aliados para evitar que o senador Roberto Rocha seja candidato ao governo em 2018.

Fiquem com a íntegra do texto do “Rick Santos”.

Comunistas prometem “baixarias” em evento tucano com Alckmin

“Revoada” tucana não está descartada, comunistas “infiltrados” em evento com Alckmin poderá ser tumultuada, tudo para criar fato negativo contra o pré-candidato a governador Roberto Rocha.

Virou obsessão do governador Flávio Dino (PCdoB) sua disposição de tirar o senador Roberto Rocha da corrida eleitoral de 2018.

Primeiro foi o festival de baixarias e conspirações abjetas no PSB patrocinadas pelo Palácios dos Leões que acabou culminando na saída de Roberto Rocha dos quadros socialistas no Maranhão.

Agora a fúria dos comunistas volta-se para o PSDB fazendo “gatos e sapatos” do vice-governador, Carlos Brandão, para barrar a filiação de Rocha como se isso fosse possível, uma vez que o senador voltou ao ninho tucano com o aval da cúpula nacional do tucanato e apoio de centenas de tucanos maranhenses, entre prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, ex-deputados etc.

Carlos Brandão virou um fantoche político do chefão comunista sem qualquer pudor, escrúpulo ou respeito a própria dignidade, se senão de vice-governador, ao menos de presidente do partido ou mesmo de homem. É de causar “vergonha” alheia a postura covarde e submissa do senhor Carlos Brandão frente ao governador do estado.

É algo ridículo, ou melhor, mais do que ridículo: é vexatório ver o presidente estadual do PSDB fazer deste que é um dos maiores partido do país em “legenda de aluguel” do nanico PCdoB.

Tome tenência, senhor Carlos Brandão!

Deixe uma resposta