ELEIÇÕES 2018: O “enganador” do Maranhão

 

O Maranhão vai ganhando consciência de que Flávio Dino não é apenas o governador, mas também o “enganador” do Maranhão.

Sua habilidade para enganar as pessoas é algo impressionante.

Agora mesmo testemunha-se a habilidade do comunista nessa área quando coloca, no mesmo cofo de enganação, vários candidatos ao Senado Federal quando provavelmente já tem em mente os nomes que irão compor a chapa de senadores.

Engana, inclusive, aquele que é responsável pela sua carreira política, o ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares (ainda no PSB).

Ora, se Flávio Dino enrola até Zé Reinaldo que é um graúdo da político maranhense, imagina com os “miúdos”? Aliás, outro “graúdo” que foi engando pelo comunista foi o senador Roberto Rocha, isso sem falar no mineiro Aécio Neves, que também levou um “zignal” do chefão do PCdoB em 2014. Saiu numa foto com Flávio Dino, lascou! É enganação certa.

Quem também está sendo vítima da arte da enganação promovida por Flávio Dino é o vice-governador Carlos Brandão (ainda no PSDB), que ficou numa situação delicadíssima depois que Roberto Rocha fez o caminho de volta para o tucanato local. Que diabos será feito de Brandão agora? O que será que o “enganador” está prometendo para o seu colega de palácio?

Talvez, eu disse “talvez”!, o único que Flávio Dino não consegue enganar é o presidente do PDT, deputado federal Weverton Rocha, e isso porque o “Maragato” sabe que o comunista é do tipo que só entende a linguagem de que “na política você vale pelo mal que pode fazer”.

Enfim, o governador Flávio Dino é um craque, temos que reconhecer.

Um craque na arte da enganação…

5 comentários sobre “ELEIÇÕES 2018: O “enganador” do Maranhão

  1. JOE PETERSON SILVA RIBEIRO disse:

    Rapaz, aqui no Maranhão aprendi que quando um blogueiro começa a reclamar de político é porque ele está querendo participar da mufunfa que está sendo distribuída para outros jornalistas e não está sobrando uma “babinha” pra ele. Não sou defensor de Flávio Dino, mas acho interessante o comportamento da oposição. Diz aí, rola uma saudade de Roseana, não rola?

Deixe uma resposta